O QUE É “RAUCA”

Raras são as mulheres inteiramente satisfeitas com seus cabelos. Curtos, longos, lisos, ondulados, cacheados, cortados a navalha, tingidos, descoloridos – eventualmente todos os estilos ao mesmo tempo agora. E quando estão satisfeitas... é só questão de momento, é passageiro. Tipo gostei, só que não.

 

Alguma coisa errada nisso? Pelo contrário. Talvez exatamente aí resida um dos muitos encantos entre todos os mistérios que cada mulher administra à sua maneira. Vaidade? Talvez, mas já dizia o poeta que “beleza é fundamental”, ainda que, sabemos todos, a beleza esteja sempre nos olhos de quem a vê. O fato essencial é que, por causa dos cabelos, as mulheres perdem a cabeça. E, cá entre nós, os homens também – pelas mulheres e por eles mesmos.

 

“Rauca” é a marca que chegou para “causar”, justamente nesse ponto mais sensível do universo feminino: o cuidado com os cabelos.

 

Cada cabeça uma sentença, diz a sabedoria popular. Cada mulher, uma percepção dos próprios cabelos, uma ideia de tratamento, um tipo de autossatisfação, uma escolha.

 

“Rauca”, a partir de agora, é a escolha. Shampoos, condicionadores, máscaras, óleos e finalizadores para todos – sim, todos – os tipos de cabelos, consequentemente para todas – sem exceção – as mulheres que buscam cabelos vivos, brilhantes, surpreendentes, bem nutridos, espetaculares, enfim, daqueles de deixar as outras beges de inveja, implorando pelo seu segredo.

 

O segredo é "Rauca", que foi descobrir nas lobas das estepes russas um ar ao mesmo tempo selvagem e elegante, discreto e focado, terno e agressivo para todas as suas linhas de tratamento, hidratação, nutrição, restauração, vida, enfim, para cabelos de diferentes estilos, mas de igual beleza.

 

Na natureza, “Rauca” encontrou ingredientes, combinações, alquimias que vêm da Soja e do Trigo, do Açaí e da Castanha do Pará, da karité, do Argan e das Uvas, da Macadâmia e ainda do Abacate e da Babosa. Daí vieram a suavidade, a maciez, a delicadeza, as luzes, os cachos e o esplendor em que se transformarão seus cabelos.

 

E as misteriosas mandalas ancestrais inspiraram o equilíbrio que torna “Rauca” a marca que vai virar a cabeça das mulheres em direção à harmonia plena de suas duas belezas, a interior e a exterior.